Sabe a tudo…e a nada

“A que sabe a lua?” provámos e era insípido…, mas na imaginação sabia àquilo que mais gostávamos. Brincámos aos animais, respirámos e relaxámos.

Yoga para catraios

No final do agosto materializou-se uma parceria entre o projeto “Literacia do Ser” e o festival “Catraia”, promovido pela Associação de Moradores da Praia da Tocha. No contexto de múltiplos eventos orientados para a construção de um mundo mais sustentável e humano foi realizada uma sessão de yoga para crianças ao ar livre a partir do livro “A que sabe a lua”, de Michael Grejniec. Alongámos, respirámos, relaxámos e divertimo-nos.

O que eu mais gosto…

Semana do dia Mundial da Criança foi para satisfazer desejos…pelo menos na imaginação. A isso se prestou a história “A que sabe a lua”, de Michael Grejniec. Além de treinarmos as posturas dos animais, imaginámos a que saberia a lua, se a pudéssemos provar…Sem faltar a respiração e o relaxamento.