Amar o mar

Numa parceria com o programa de atividades de proteção ambiental “Bandeira azul” as turmas do Pré-escolar deslocaram-se à praia de Mira. Porque só se ama o que se conhece! Como nos divertimos e como aprendemos!

Redescobrir a terra

Celebrámos a “Semana da agricultura na escola” em parceria com a Cooperativa Agrícola da Tocha. Contou-se a história “Começa numa semente” de Laura Knowles e explorámos diferentes tipos de sementes. Dramatizámos a canção “Semente, sementinha”, acompanhados à guitarra pelo Pedro. Ainda plantámos muitas plantas generosamente oferecidas pela Cooperativa.

Viva a diferença

A história “Não faz mal ser diferente”, de Todd Parr, faz a apologia do valor da diferença. Contámos a história e explorámos um jogo de memória com as suas personagens. Pelo meio praticámos posturas de ioga, espirámos e relaxámos.

25 de abril em grande…para os mais pequenos

Abraçando o desafio das Bibliotecas Escolares trabalhou-se a história “25 de abril para crianças”, da Porto Editora nas turmas do Pré-escolar. Fez-se a dramatização das canções “Grândola vila morena” e “uma gaivota, voava. Ainda carimbámos cravos num mural coletivo e relaxamos.

Cuida bem de mim

Em abril comemora-se o mês da prevenção dos maus tratos na infância. Unidos à CPCJ trabalhámos a história “Cuida bem de mim”, de Maria Inês Almeida, praticámos as posturas de ioga dos animais da história, divertimo-nos com a dança dos pinguins e relaxámos com a canção “Cuida bem de mim”.

Identidade

Identidade

A história “Ed e o corpo” foi dramatizada com fantoches por elementos da UCC. Eles conversaram connosco sobre identidade e proteção e a música “O meu corpo”, da autoria de Paula Castelhano, trouxe movimento. Houve animação, conversa e muito relaxamento.

Poesia em parceria

Saudámos a primavera e a poesia com a história “A fada palavrinha e o gigante das bibliotecas”, de Luísa Ducla Soares na Biblioteca Municipal de Mira. Foi feita uma leitura a duas vozes, praticaram-se posturas de ioga e relaxámos

Pai meu, pai meu

Na semana do “Dia do Pai”, estes foram as estrelas das sessões do projeto “literacia do Ser”, tendo comparecido em força, disponíveis para o acro yoga pais e filhos. Contou-se a história “Selma”, de Juta Bauer, que questiona o que é felicidade e depois praticámos e fomos felizes juntos

A tranquilidade do campo

A história “O rato do campo e o rato da cidade”, de Ana Oom guiou as sessões “literacia do Ser”, em parceria com a BE. A história foi dramatizada com cenários imponentes, praticaram-se as posturas dos animais envolvidos e jogou-se o jogo tradicional do gato e do rato. Respirámos e relaxámos na “toca” do rato.