Hello yoga!

Iniciámos o ano letivo com uma parceria do projeto “Literacia do Ser” com a Biblioteca Municipal de Cantanhede. Foi feita uma sessão de yoga para crianças a partir do livro “A grande questão”, de Wolf Erlbruch e correu muito bem!

Yoga para catraios

No final do agosto materializou-se uma parceria entre o projeto “Literacia do Ser” e o festival “Catraia”, promovido pela Associação de Moradores da Praia da Tocha. No contexto de múltiplos eventos orientados para a construção de um mundo mais sustentável e humano foi realizada uma sessão de yoga para crianças ao ar livre a partir do livro “A que sabe a lua”, de Michael Grejniec. Alongámos, respirámos, relaxámos e divertimo-nos.

Respirar ao ar livre

No final do ano letivo 20/21 respirámos uma lufada de ar fresco com os alunos da CAF (componente de apoio à família) do 1º ciclo de Mira. Aproveitámos para fazer as últimas colheitas e preparar a pausa estival.

Yoga do riso

Testámos uma variante divertida e foi…hilariante. Partindo da história “Cocozinho”, de Stephanie Blake explorámos exercícios da modalidade do yoga do riso e foi muito engraçado. Respirámos à gargalhada e relaxamos bem no final.

Testar o testemunho

O projeto “Literacia do Ser” funciona muito bem no Pré-escolar? Mas que continuidade tem? A convite da professora de mindfulness das AEC Helena Palhavã participámos numa sessão com a turma do 1º ano de Mira com a história “O sapo tem medo”, porque o medo é uma emoção primordial e transversal. As crianças tinham mudado muito e como foi ao fim da tarde tinham muita energia estagnada a precisar de extravasamento. O mantra sa re sa sa acalmou-os.

Saudação ao sol…

A sequência de exercícios conhecida como “saudação ao sol” é parte integrante do yoga, existindo muitas variantes. A que foi trabalhada esta semana partiu dos materiais do “Yoga dos bichos”, onde uma mamã canguru ensina a referida sequência ao seu bebé. Foi divertido e já se notou a evolução dos yoguis do Pré-escolar.

O sapo tem medo

“Todos temos medo de vez em quando”, concluiu a lebre. Por isso explorámos esta semana o livro “O sapo tem medo”, de Max Veltjus nas sessões de “Literacia do Ser”. Falámos dos nossos medos, mas também nos divertimos a fazer saltar sapos, a executar uma dobragem e a cantar “o sapo não lava o pé”.

Continuidade

A convite da professora das AEC Sabrina Tembe dinamizámos uma sessão de “Literacia do Ser” com os ex-alunos do Jardim de Infância de Portomar, agora a frequentar o primeiro ciclo. Foram feitas diferentes leituras de alguns versos do livro “A grande questão”, de Wolf Erlbruch e no fim, coletivamente, as crianças pintaram as imagens e construíram um livro para ficar na turma. Que empenhados estiveram todos, parabéns!

O que eu mais gosto…

Semana do dia Mundial da Criança foi para satisfazer desejos…pelo menos na imaginação. A isso se prestou a história “A que sabe a lua”, de Michael Grejniec. Além de treinarmos as posturas dos animais, imaginámos a que saberia a lua, se a pudéssemos provar…Sem faltar a respiração e o relaxamento.

Poesia e natureza

O projeto “Literacia do Ser” e a disciplina de EV participaram na Semana da leitura das Bibliotecas. Partiu-se de um excerto da obra “O poeta faz-se aos 10 anos”, de Maria Alberta Menéres relacionado com as árvores e depois os alunos foram convidados a observar algumas árvores da escola e a desenhá-las. A professora Célia ensinou como se desenham folhas com garatuja e o resultado foi espetacular.